Obrigada, Torcato. Até sempre.

Morreu o jornalista e crítico literário Torcato Sepúlveda.
Muito do que sou o devo a ele. Foi meu editor durante anos. Com ele aprendi a conhecer autores em que nunca teria pegado se ele não me tivesse falado com entusiasmo sobre eles. Foi por causa dele que comecei a escrever sobre escritores e sobre livros.

As Ciberescritas, coluna que assino há mais de 10 anos semanalmente no jornal PÚBLICO, só existem por causa dele. Foram uma encomenda do Torcato para o suplemento que editava na altura com Tereza Coelho, o Leituras (já o expliquei aqui).

Depois ele foi embora do jornal PÚBLICO. Senti-me órfã. Mas quando editei o Mil Folhas (entre 2002 e 2007) consegui ter de novo o seu apoio. Torcato Sepúlveda voltou a fazer crítica de livros e entrevistas no PÚBLICO numa altura em que era freelancer e o Mil Folhas ficou melhor por causa disso. Depois ele voltou a ir embora para um novo projecto. Ficamos a perder. Mas outros ficaram a ganhar. Onde quer que estivesse escrevia sempre maravilhosamente bem.
Encontrei-o há semanas no lançamento da revista Ler. Estivemos a conversar sobre o que ele andava a fazer, sobre o que eu andava a fazer. O costume. A falar dos bons velhos tempos. Falou-me das dificuldades que sentia em fazer uma recensão ao “O Homem sem Qualidades” do Musil em dois mil caracteres. É claro, que fossem dois mil caracteres ou dez mil, escritos por Torcato eram sempre uma obra-prima.

Em Janeiro Torcato Sepúlveda deu uma entrevista ao programa Livros com Rum da Rádio Universitária do Minho que podem ouvir aqui 61-livros_com_rum-2008-01-10.mp3.

O Francisco José Viegas fez-lhe a melhor homenagem aqui.

Obrigada por tudo, Torcato. Até sempre.

0 Responses to “Obrigada, Torcato. Até sempre.”



  1. Deixe um Comentário

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s




Sobre

Este é um blogue do PÚBLICO, escrito por Isabel Coutinho. Desde 1996, a jornalista assina semanalmente a coluna Ciberescritas sobre o futuro dos livros, a presença de escritores na Internet e a relação entre as novas tecnologias e a literatura. isabel.coutinho@publico.pt

Fotos no Flickr

Mapa do Padrão dos Descobrimentos

Mapa do Padrão dos Descobrimentos

Mapa do Padrão dos Descobrimentos

Mapa do Padrão dos Descobrimentos

Mapa do Padrão dos Descobrimentos

Mapa do Padrão dos Descobrimentos

Mapa do Padrão dos Descobrimentos

Mapa do Padrão dos Descobrimentos

Mosteiro dos Jerónimos

Mosteiro dos Jerónimos

Mais fotos

del.icio.us Isabel Coutinho

Blog Stats

  • 28,797 hits

%d bloggers like this: