Daqui um abraço para o Rodrigues da Silva

Esta crónica (que só li hoje no blogue do JL  ) não deixa ninguém indiferente.

“E tu sentes que o filho da puta do cancro te minga até a identidade. E que, por detrás do que passaste a ser, porque assim te passaram a chamar, ele te reduziu a um nódulo de ti mesmo. E só então – Sr. José, Sr. Silva – é que percebes que começaste a desnascer…”

E daqui mando um abraço para o Rodrigues da Silva. Que regresse em breve ao JL.

0 Responses to “Daqui um abraço para o Rodrigues da Silva”



  1. Deixe um Comentário

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s




Sobre

Este é um blogue do PÚBLICO, escrito por Isabel Coutinho. Desde 1996, a jornalista assina semanalmente a coluna Ciberescritas sobre o futuro dos livros, a presença de escritores na Internet e a relação entre as novas tecnologias e a literatura. isabel.coutinho@publico.pt

Fotos no Flickr

Mapa do Padrão dos Descobrimentos

Mapa do Padrão dos Descobrimentos

Mapa do Padrão dos Descobrimentos

Mapa do Padrão dos Descobrimentos

Mapa do Padrão dos Descobrimentos

Mapa do Padrão dos Descobrimentos

Mapa do Padrão dos Descobrimentos

Mapa do Padrão dos Descobrimentos

Mosteiro dos Jerónimos

Mosteiro dos Jerónimos

Mais fotos

del.icio.us Isabel Coutinho

Blog Stats

  • 28,797 hits

%d bloggers like this: