Bico de Pena volta a publicar Ali Smith

Falta pouco. É já em Maio que a editora Bico de Pena volta a publicar a escritora escocesa Ali Smith ( já editaram o romance premiado A Acidental).
Agora é a vez do romance Hotel Mundo que esteve na shortlist do Orange Prize for Fiction e do Man Booker Prize for Fiction no ano em que saiu no Reino Unido, em 2001. 

Conheci Ali Smith há alguns anos. Era Verão, estávamos em Cambridge, num seminário organizado pelo British Council. Não sabia quem ela era, nem conhecia a sua obra. Mas desde aquele dia em que no Downing College, Ali Smith – pequenina, com uns olhos azuis que hipnotizam por causa do contraste que fazem com os seus cabelos muito negros –  começou a ler um dos seus contos em voz alta nunca mais saiu da lista dos meus escritores preferidos. Faria parte do meu top ten, se eu o tivesse.
Entretanto (para alegria de todos nós) a sua obra já está a ser traduzida em Portugal, na Bico de Pena e na Teorema (faltam os livros de contos que são os meus preferidos).

Quanto a Hotel Mundo, fica aqui um bocadinho:

” (…) aaaaaaaaaah e partiu-se no chão, eu também me parti toda. O tecto veio abaixo, o fundo trepou ao meu encontro. Parti a coluna, parti o pescoço, parti a cara, parti a cabeça. A caixa torácica que envolvia o meu coração partiu-se em duas e o meu coração saiu cá para fora. Acho que era o meu coração. Saltou-me do peito e entalou-se-me na boca. Foi assim que tudo começou. Pela primeira vez (demasiado tarde), descobri o sabor do meu coração.
Tenho sentido saudades de ter um coração. Saudades do barulho que costumava fazer, da maneira como punha o calor em circulação, da maneira como me mantinha acordada. Vou de quarto em quarto, aqui, e vejo camas desfeitas depois de amor e de sono, e a seguir camas feitas de lavado e prontas, novamente à espera que corpos se enfiem dentro delas; lençóis engomados e dobrados para trás, camas de boca aberta a dizerem bem-vindo, despacha-te, entra, o sono está a chegar. As camas são tão convidativas. Abrem a boca de uma ponta à outra do hotel, todas as noites, para os corpos que se enfiam dentro delas, uns com os outros ou sozinhos; todas as pessoas com os seus corações a pulsar, a ocuparem espaços deixados vazios por outras pessoas, que partiram sabe-se lá para onde, que há apenas umas horas aqueciam esses mesmos espaços.
Tenho andado a tentar lembrar-me de como era dormir sabendo que se ia acordar. Tenho andado a observá-los com toda a atenção, os corpos, e a ver o que os seus corações os deixam fazer. Tenho andado a vê-los dormir, depois; tenho-me sentado aos pés de camas satisfeitas, camas insatisfeitas, camas que ressonam, indiferentes, insones, camas de pessoas que não sentiram presença alguma ali, ninguém no quarto a não ser elas.
Despacha-te. O sono está a chegar. As cores estão-se a esbater. (…)”

in Hotel Mundo de Ali Smith na Bico de Pena (tradução de Tânia Ganho)

Ali Smith esteve o ano passado em Portugal a convite da Culturgest por causa de uma peça de teatro da sua autoria. Pode ler aqui e aqui a entrevista que deu ao Ípsilon nessa altura.

 

0 Responses to “Bico de Pena volta a publicar Ali Smith”



  1. Deixe um Comentário

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s




Sobre

Este é um blogue do PÚBLICO, escrito por Isabel Coutinho. Desde 1996, a jornalista assina semanalmente a coluna Ciberescritas sobre o futuro dos livros, a presença de escritores na Internet e a relação entre as novas tecnologias e a literatura. isabel.coutinho@publico.pt

Fotos no Flickr

Mapa do Padrão dos Descobrimentos

Mapa do Padrão dos Descobrimentos

Mapa do Padrão dos Descobrimentos

Mapa do Padrão dos Descobrimentos

Mapa do Padrão dos Descobrimentos

Mapa do Padrão dos Descobrimentos

Mapa do Padrão dos Descobrimentos

Mapa do Padrão dos Descobrimentos

Mosteiro dos Jerónimos

Mosteiro dos Jerónimos

Mais fotos

del.icio.us Isabel Coutinho

Blog Stats

  • 28,797 hits

%d bloggers like this: